sábado, 18 de dezembro de 2010

Restart.


Você diz que eles são gays, mas e se eles fossem? Qual o problema? Faria alguma diferença pra você? Acho que isso se chama preconceito e falta de argumento. Eles só estão realizando os sonhos deles, por que isso te incomoda tanto? Ok, então você diz que eles não têm talento. Você não gosta? Não ouça, simples! O problema, é que agora virou moda odiar modinha. E automaticamente, se associa modinha à lixo. Muita gente os odeia pelo simples fato de muita gente amar. E meu Deus, existe coisa mais inútil do que se odiar um famoso? Existem muitas coisas melhores para se odiar. Eu sei que eles exageram um pouco no marketing, mas isso não me tira o direito de ser fã, e nem te dá o direito de dizer que eu não tenho cérebro. Qual o problema de ter um ídolo que agradece aos fãs? Eu tenho cérebro sim, e o simples fato de ter o gosto musical diferente do seu não me faz melhor ou pior que você. Eu sei que restart não é rock, mas isso não diminui o meu amor de fã. E não, quando eu digo amor de fã, não estou dizendo que tenho chances de casar com algum deles. Sim, eu conheço e escuto Nirvana, Aerosmith, Metallica, Legião Urbana, entre outros. O fato é que de um lado temos pessoas que já passaram da adolescência e publicam vídeos cheios de ódio. Do outro, adolescentes felizes que admiram seus ídolos.

domingo, 5 de dezembro de 2010

This heart beats for only you


Me assusta a possibilidade de te perder, eu não consigo me imaginar sem você ao meu lado. E quando sinto seus braços me envolvendo, eu esqueço de tudo — seu abraço é o meu antídoto. É com você que eu sonho todas as noites, e é em você que eu penso antes de dormir. A cada segundo que passa, o que eu sinto por você se torna mais forte, e a vontade de te ver também. Quando eu sinto o seu perfume, um arrepio percorre o meu corpo. E apesar de todas as coisas erradas que eu fiz, você não desistiu de mim. O mundo gira devagar quando você está por perto. Eu tenho tanto medo de te perder, que chega a doer só de pensar nisso. A gente já brigou um milhão de vezes, mas o nosso amor é bem mais forte do que todas as pessoas que tentam nos afastar. E, com um sorriso enorme nos lábios, eu tenho orgulho em dizer: Eu amo você!

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Tired


E aconteceu como o previsto. A sua mudança não aconteceu. Milhares de últimas chances. E você achou que nunca me perderia. Mas quando eu disse que isso aconteceria caso nada mudasse, eu estava falando sério. Estou cansada de você, e do que me fez passar. Cansada das suas mentiras, que me machucavam ainda mais. Cansada de acreditar em você, cansada de chorar todos os dias, cansada de saber que você nunca se importou. Eu estou indo embora, e pela primeira vez, não sinto dor ao ver que essa foi a única saída. Eu sempre soube que você era uma parte de mim, e sei que não te esquecerei tão fácil assim. Mas eu desisto de esperar por uma mudança que nunca acontecerá. E eu era acostumada a inventar diálogos que não acontecerão. Cansei de forjar as suas palavras. E cansei de imaginar que você esteja sentindo a minha falta. Cansei de todas as lágrimas que acabavam escorrendo sobre a minha face. Agora eu apenas vou continuar vivendo como se nunca tivesse te conhecido, e tentar me conformar de que o nós nunca existiu. O que existiu foi alguém, que como todos os outros, me confundiu com uma boneca da qual podia brincar. E se enganou. Por que agora essa boneca não chora mais por ti, e o único desejo dela é que você vá para bem longe. E nunca mais volte.

sábado, 6 de novembro de 2010

The way it hurts

Você sabe da maneira como isso machuca? Queima por dentro, é como se o meu coração estivesse se desfazendo aos poucos. E as partes que ainda restam, batem involuntariamente por você. E dói mais ainda saber que o amor que eu sinto por você seja recíproco, e eu tenha que te esquecer do mesmo jeito, simplesmente por que você não faz por merecê-lo. Então aqui estou eu, eu estou tentando e chorando. Tentando te esquecer de todas as maneiras possíveis, mas te tirar do meu pensamento é impossível, por que você ainda está no meu coração. Não sei quanto tempo isso vai levar, mas sei que vai demorar. E enquanto eu não te esquecer, meu coração estará sofrendo, quebrado, por sua culpa. As coisas não saíram como o esperado, e eu lamento muito por isso. Eu sofro muito por isso. Achei que as coisas seriam fáceis dessa vez, mas elas não foram. O meu problema foi o de sempre: Ter esperado e confiado muito, e no final das contas percebi que você era só mais um, por mais que sentisse algo por mim. Eu não sei se vai doer mais tentando me afastar de você, mas eu já sofri demais ao seu lado. Nem mesmo todas as vezes que você me fez sorrir não compensam as vezes que você me fez chorar. E mesmo juntando toda essa raiva que eu tenho de você, eu não consigo te esquecer. Talvez toda essa alegria que eu demonstro ter seja só uma máscara que esconde todo o meu sofrimento. É uma máscara tão perfeita, que eu posso enganar qualquer um dizendo que estou bem. Mas quando eu vou me deitar, eu preciso tirar essa mesma máscara. E quando isso acontece, as lágrimas deslizam sobre a minha face. Lembro das suas palavras, quando você disse que estava sofrendo por que perdeu a pessoa que você mais amava no mundo, eu não consigo acreditar... até porque você conjulga o verbo amor no passado. E quando você me diz que não sabe se vai conseguir me esquecer, eu imagino você e ela... e quando vocês dois estão a sós, eu duvido que eu seja a pessoa que está dominando a sua mente. E mesmo se fosse, eu acho que você não se importa, por que se você se importasse com o que eu sinto, você não estaria lá, com ela. Você realmente quer ser diferente? Eu queria que você fosse. Você tenta me dizer que não a quer, mas eu sei que é uma mentira da qual eu gostaria muito que fosse verdade. Uma perfeita negação. Saber que ela poderia estar tocando você agora, sentindo o sabor de seus lábios nos dela, revira o meu estômago. E imaginar um futuro não muito distante, aonde você diz a ela tudo o que costumava dizer pra mim. E você disse que vai mudar por mim, então o que eu posso fazer é esperar por essa mudança. Nos clichês, eles nunca mudam. E ela se magoa de novo. Eu espero que não seja assim. E nem o melhor abraço do mundo é capaz de curar o meu sofrimento, os braços que me anestesiam estão bem longe agora. Às vezes eu só queria um abraço seu pra poder esquecer de tudo, mas eu sei que quando ele acabar, a dor voltará. A melhor saída é ser fria com você, pois olhar pra você torna tudo mais difícil. As pessoas dizem que amor verdadeiro e recíproco só traz felicidade. E eu me pergunto por que comigo não foi assim.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Experiência própria.


Você já sofreu por alguém? Você já achou que conhecia cada centímetro de uma pessoa e ela simplesmente mudar todas as suas teorias? Você já quis morrer por essa pessoa? Já quis abandonar tudo, desistir de tudo e de todos porque te deixaram muito mal? Você já deixou de dormir por essa pessoa? Você já gostou tanto de alguém que os outros eram apenas... os outros? Já gostou tanto de alguém que você não conseguia esquecer essa pessoa por mais que tentasse de todas as maneiras possíveis? Essa pessoa já te magoou como se não restasse nada dentro de você? Seu coração já se quebrou em pedaços, como o meu está agora? E mesmo quebrado em mil pedaços, esses pedacinhos ainda amavam a mesma pessoa? Teu coração já bateu involuntariamente por alguém? Você já chorou como se não houvessem sorrisos a não ser aquele que desmanchou o seu? Você já quis esquecer quem você gosta por pura necessidade, e já quis que isso fosse fácil? Se já, você sabe como é, sabe como eu me sinto. E se não, nunca queira ter essa experiência tão cedo. Machuca, e muito.

sábado, 25 de setembro de 2010

Hard, wrong and complicated.

E eu queria poder te ligar, para me desculpar e dizer que eu não sou a pessoa certa pra você. Porque eu não posso estar contigo. Mas talvez você saiba disso, e talvez você seja a pessoa certa pra mim. Mas e depois, como seria as coisas? Eu não quero te machucar, mas inevitávelmente eu já estou fazendo isso. Todos dizem que este tipo de amor não é errado, mas o que eu posso fazer se eu não mando nos meus sentimentos, muito menos nos seus? E eu me pergunto todos os dias, em frente ao espelho: Qual é o problema comigo? Eu encontrei finalmente alguém que me amasse de verdade, e estou deixando ela ir embora. Sempre pareço estar sendo puxada na direção errada, mas eu simplesmente não consigo dar uma chance a nós dois. Eu me sinto estúpida porque eu deveria estar ao seu lado, mas é difícil pra mim. E eu imagino que seja difícil pra você também. E você está sentado na primeira fileira, quer ser o primeiro da fila, esperando na minha janela, dedicando todo o seu tempo pra mim. E ter alguém assim sempre foi tudo o que eu quis, mas então que diabos meu coração está fazendo? Você poderia ser o meu herói, mas eu encontrei a pessoa certa na hora errada. Não há nada que eu não faria por você, mas se eu mudasse por você, você gostaria de mim, quero dizer, gostaria mais de mim? Não quero deixar ir embora mas você tem que saber, o que você está pedindo é quase impossível. Porque eu não posso controlar como eu me sinto, e você realmente não sabe como eu gostaria, mas infelizmente não é uma escolha minha.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Paradise


Eu quero sumir. Eu quero ir para um lugar longe de tudo e de todos. Longe dos meus problemas, e das pessoas que me fazem sofrer. Esquecer das coisas que me ferem, esquecer de tudo o que me faz falta. Um lugar que me distancie das obrigações, um lugar aonde eu não tenha que esquecer ninguém. Um lugar aonde ninguém machuque o meu coração. Um lugar onde não seja tão difícil resolver as coisas. Um lugar aonde não exista desilusão, nem sofrimento, nem pessoas que só sabem brincar com os sentimentos de outras pessoas. Um lugar aonde esquecer as pessoas que a gente inevitávelmente ama não seja tão difícil. Um lugar aonde alguém me entenda, um lugar que possa se tornar meu refúgio. Um lugar que me traga paz, um lugar que me acalme. Paraíso — É o nome desse lugar que eu tanto procuro.

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Abraço apertado


Sabe quando tem momentos em que nosso coração se encontra em pedaços? E quando achamos que se nós simplesmente não tivéssemos feito algo tudo estaria bem? Mas as pessoas que eu achei que entenderiam simplesmente não entendem e afirmam que meu ponto de vista está errado, mas eu duvido que elas estariam dizendo isso se ao menos se colocassem no meu lugar. É tão difícil perceber que eu só preciso de um abraço e de alguém pra me dizer que tudo vai ficar bem? É tão difícil entender que eu estou em pedaços? E eu acho que eu devo parar de me culpar, sendo que não foi minha culpa dele ter feito tudo errado, mas se eu não tivesse inútilmente ligado por incentivo de alguém que não entende nada sobre o amor, ele nem precisaria agir. E eu não estaria assim, me sentindo desse jeito. Como se o mundo estivesse desmoronando sobre mim, e de alguma forma ele está. Eu sei que todas as árvores mudam no outono, mas eu apenas não consigo entender e eu continuo precisando de um abraço apertado agora, e de alguém tentando me acalmar dizendo que está tudo bem.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

I'm falling for you?


Eu não sei ao certo o que estou sentindo por você, mas sei que é verdadeiro. Sei que me pego sorrindo ás vezes pensando em você. Sei que é com você que eu sonho todas as noites, sei que é em você que penso ao acordar e antes de dormir. E é você que me tira o sono. Você é tudo o que eu preciso pra ser feliz, você me faz bem e isso é tudo. Seu jeito me encanta, eu nunca me senti assim antes. E se você não liga, ou eu não o vejo, eu perco o ânimo — e isso me surpreende, por mais que eu já tenha me acostumado. Como se você fosse meu vício, minha droga — no bom sentido. Pensar em você se tornou inevitável. Quando você se aproxima, meu coração vai a mil por hora. Se você está feliz, eu estou feliz. A cada segundo que passa, o que eu sinto por você fica mais forte e a vontade de te ver também. Você foi a melhor coisa que me aconteceu até agora, você me faz bem. Quero sempre estar ao seu lado, porque eu te amo, e isso basta.

sábado, 21 de agosto de 2010

Quem?


Quem disse que eu gosto quando você faz gracinhas pra me impressionar? Quem disse que eu gosto da sua personalidade? Quem disse que eu acho o seu estilo mais fofo de todos? Quem disse que meu coração bate mais forte por você? Quem disse que eu passo cada minuto do meu dia pensando em você? Quem disse que você não sai da minha cabeça? Quem disse que é com você que eu sonho? Quem disse que eu fico esperando você ligar? Quem disse que eu me pergunto se eu estou nos seus pensamentos? Quem disse que eu preciso de você mais que tudo? Quem disse que eu me derreto por você? Quem disse que eu amo a sua voz? Quem disse que o dia não é mais o mesmo quando você não está? Quem disse que eu me importo com você? Quem disse que eu penso em você antes de dormir? Quem disse que o melhor abraço do mundo é o seu? Quem disse que você me faz bem? Quem disse que seus olhos me fascinam Quem disse que eu sinto sua falta? Quem disse que quando sinto seu perfume no ar quero você ao meu lado? Quem disse que sua presença me causa arrepios? Quem disse que olhar pra você é inevitável? Quem disse que você causa as minhas melhores risadas? Quem disse que eu me pego sorrindo sozinha ás vezes, pensando em você? Quem disse que seu jeito de ser é o mais lindo do mundo? Quem disse que eu posso ouvir as batidas do meu coração quando você se aproxima demais? Quem disse que você diz tudo o que eu preciso ouvir? Quem disse que as palavras simplesmente somem quando é de você que eu quero falar? Quem disse que o seu sorriso me acalma? Quem disse que seu olhar me conforta? Quem disse que sou louca por você? Quem disse que eu acordo pensando em te ver? Quem disse que você se tornou meu vício? Me diz, quem foi que descobriu todos os meus segredos desse jeito?

sábado, 31 de julho de 2010

Someone


Eu queria ter alguém. Alguém que dissesse que eu sou linda, alguém que fizesse carinho quando eu deitasse sobre seu peito. Alguém que ficasse enciumado quando alguém me elogiasse, alguém que fosse gentil, alguém que se preocupasse comigo. Alguém que me mandasse flores sem nenhum motivo, alguém que conseguisse transformar o meu dia. Alguém que precisasse me ver todos os dias pra ficar bem, alguém que se importasse comigo, e com o que eu faço, com o que eu digo. Alguém que pedisse desculpas quando dissesse algo que me magoe, alguém que não se imaginasse sem mim, alguém que realmente precisasse de mim. Alguém que não mentisse pra mim, e quando o fizesse fosse apenas pra tentar me proteger de uma decepção. E eu queria alguém que me amasse. Mas acima de tudo, eu queria alguém que me amasse o suficiente pra fazer e sentir tudo isso que foi citado acima. E talvez até um pouco mais.

domingo, 18 de julho de 2010

Negligible


Não perca seu tempo inútil pensando que eu ainda te amo. Não venha me dizer que quem ama perdoa, quando quem ama não magoa. Não me ligue achando que eu preciso ouvir sua voz quando eu não a suporto. Eu não vou voltar pra você, eu costumava sofrer sentindo a sua falta e agora eu nem sequer noto a sua presença pra conseguir sentir a sua ausência. A última coisa que eu preciso é de você dizendo que eu te amo demais para ir embora. E não me pergunte porque estou o fazendo quando você sabe muito bem os meus motivos. Eu simplesmente estava cansada de ouvir um eu te amo falso se você sabe que a única coisa que eu precisava era da verdade, mas você preferiu continuar usando suas inúteis mentiras. Não me peça pra lembrar dos momentos em que você me fez sorrir, porque eu só consigo me lembrar dos momentos em que você me fez chorar e você sabe que não eram poucos os momentos em que eu me sentia assim. Agora a única coisa que eu consigo sentir por você é pena. Pena pela pessoa desprezável que você se tornou, pena pelas desprezáveis coisas que você faz. Então em hipótese alguma pense que eu me importo. Seja com você, com o que você faz, com o que você diz, como você age ou com quem você ama — ou com quem você diz que ama. Eu definitivamente não me importo. Então pare de me ligar, de me deixar mensagens porque eu não quero saber por onde e com quem você esteve. Mas eu não te odeio. Simplesmente porque, ao contrário de você, tenho coisas melhores pra fazer.

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Eu te amo não é um bom dia.


Sinceramente eu não sei. Não sei porque as pessoas não envolvem sentimento quando falam eu te amo, como se fosse um simples bom dia. E eu não sei porque mesmo sabendo disso eu ainda acredito. Assim como acreditei em você. Mas que culpa tenho eu se eu não tenho um objeto que detecta se o eu te amo é verdadeiro? O que eu tenho é meu coração e nem sempre ele está certo. Banalizaram o sentimento, mas o que eu ouço são palavras, palavras que não mudam nada, palavras que não provam nada. Palavras que um dia me magoarão. As pessoas dizem que amam como se amar fosse fácil assim como trocar de roupa ou mudar o cabelo. Mas a maioria dessas pessoas mal sabem o que é o amor. E o que mais dói é que pessoas que amam de verdade doam seu amor a essas pessoas medíocres. E quem ama de verdade sai prejudicado, sai desiludido. E essas pessoas medíocres continuam vivendo, dormindo, sorrindo, esperando a próxima pessoa pra magoar. Se não ama, não fale, não magoe. Tem gente que ama nos primeiros cinco minutos do dia, tem gente que ama como se amar fosse simples. E não é nada simples, não pra quem ama de verdade. Porque o amor é muito diferente pra quem sofre e quem faz sofrer. E se você ama como se amar fosse fácil, não ame, não diga. Não olhe nos olhos, não minta, não faça alguém sofrer, não faça alguém acreditar. Mas ás vezes as pessoas que amam de verdade acreditam que as pessoas medíocres amam porque é o que elas querem acreditar. Agora responda, você sente por que você sente ou porque você quer sentir? E não diga eu te amo porque eu quero ouvir. Diga eu te amo se você realmente amar, diga eu te amo se você se importar. Se não for isso, tudo é em vão. E mesmo sabendo que é em vão, as lágrimas insistem em cair. Porque eu te amo não é bom dia, mas algumas pessoas não sabem disso. Ou fingem que não sabem.

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Cycle

Por mais que nada em nossas vidas dê certo, um dia tudo irá se encaixar. Talvez tudo seja um ciclo. Amar e odiar. Se apegar e se desapegar. Pensar e agir por impulso. Rir e chorar. Gostar e não gostar. Ter atenção e desatenção. Observar e ignorar. Falar e ouvir. Se irritar e se acalmar. Fazer coisas boas e más. Ter razão e agir com o coração. Agradar e desagradar. Aceitar e recusar. Começar e terminar. Lembrar e esquecer. Se preocupar e despreocupar. Se interessar e desinteressar. Querer e não querer. Agir certo e agir errado. Falar a verdade e mentir. Acreditar e desacreditar. Passar momentos perfeitos e imperfeitos. Ser paciente e impaciente. Ser simpático e antipático. E nem todos têm o mesmo ciclo, para alguns é muito difícil. Mas na verdade é. Quem tem esse ciclo sabe que, nada é fácil. Por mais difícil que seja, temos que lutar até conseguir sorrir e contar como mais uma vitória, mais um obstáculo superado. Porque a gente sabe que nada é pra sempre, inevitávelmente tudo um dia vai passar. Assim como a chuva não dura pra sempre, ela algum momento passa. E o sol aparecerá, brilhante, de novo. A vida pode ser mais simples se olharmos pra ela de uma maneira mais fácil. E lembrar que depois das nuvens, há sempre um céu azul.

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Solidão


Diversas vezes digo que estou e me sinto sozinha, mesmo com meus pensamentos me atormentando, mas são os mesmos que me fazem acreditar que estou sozinha. E então digo para alguém que ninguém precisa da gente, que ninguém se importa, pra desabafar e pra ouvir o contrário. Porque quando me sinto sozinha, é porque necessito de atenção, e talvez isso aconteça com todos. E então tudo o que preciso ouvir é um eu te amo, preciso ouvir um eu preciso de você, precisamos de ouvir um eu me importo quando quase acredito que estou só no mundo, que sou uma em um milhão. Então apenas diga tudo isso, apenas diga o que eu preciso ouvir, apenas diga o que eu quero ouvir. Diga que me ama, diga que precisa de mim, diga que se importa, diga que se preocupa. Apenas tente me acalmar até tudo acabar, até esse sentimento ruim passar. Até suas palavras me reconfortarem. Até você me confortar.

domingo, 23 de maio de 2010

I hate

Odeio ficar trêmula quando o vejo, odeio quando meu coração bate mais rápido ao sentir seu perfume. Odeio ficar sem ação quando está por perto, odeio o arrepio que percorre meu corpo que é causado pela sua presença. Odeio quando me elogia, odeio quando diz que me ama, odeio me derreter pelo seu sorriso. Odeio não admitir que te amo, odeio o fato de não falar direito comigo pessoalmente. Odeio chorar pela sua ausência, odeio lembrar do seu toque e não poder o sentir denovo.Odeio a sua perfeição, odeio sonhar com você. Odeio o que dizem sobre você e odeio músicas românticas, pois elas me lembram você. Odeio te amar, odeio pensar em você a todo momento, odeio não mais poder te chamar de meu. Mas o que eu odeio é não conseguir te odiar, não conseguir odiar o amor que eu sinto por você, não conseguir odiar a nossa ligação, porque essas mesmas coisas que eu tento odiar me impedem que eu o faça. Eu não consigo te odiar, nem por um segundo, por nenhum motivo, nem mesmo só por te odiar.

sábado, 22 de maio de 2010

I miss you.


Quem sabe somente agora eu aprendi o significado da frase "Só dá valor depois que perde". Eu te achava perfeito demais, mas na verdade era o que eu sempre sonhei pra mim e só percebi isso depois de tudo o que aconteceu. A culpa não foi só minha, mas fui eu que comecei com tudo isso. E agora eu não sei como vou falar com você, não sei como vou conseguir ser sua amiga sem lembrar dos nossos momentos. Não sei como vou conseguir ouvir você falar de outra garota, não sei como vou conseguir suportar a sua ausência. Estou completamente só e preciso de você agora. Não sei como não percebi, mas eu precisava parar de fingir que eu podia, de alguma forma, merecer o que eu já tinha. E me atormenta saber que eu não tenho mais você, me atormenta pensar que você poderá encontrar uma outra pessoa pra você. A música toca como o final de algum filme triste, e esse é o final que você não quer ver, não quer sentir. Eu estava lendo nossas conversas, eu estava lendo você dizendo que me ama. Eu sei que eu não deveria estar dizendo isso, mas eu amo você. Mais que tudo. Me arrependi por ter errado, agora eu preciso que você me desculpe. Porque eu não sei respirar sem você, eu não sei viver sem você. Eu simplesmente não sei como será sem você. E eu sinto falta de poder te chamar de meu, eu sinto a sua falta.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Who i am.

Quando era pequena achava que o mundo era perfeito mas conforme fui amadurecendo, a vida me mostrou que o mundo é totalmente diferente do que está presente nos contos de fadas, aprendi também que nem tudo tem um final feliz. Achei que no final sempre tudo dava certo como nos filmes, mas aprendi dolorosamente que não é, mas o que eu posso fazer? Errei e aprendi com meus erros. Não tenho medo de expor minhas opiniões e não sou falsa com ninguém, não sou obrigada a esbanjar hipocrisia se eu odeio a mesma. Amo indiretas e disparo ironias, não sou mulher de ficar calada muito menos de abaixar a cabeça para qualquer pessoa. Não preciso que ninguém me entenda quando nem eu mesma me entendo e odeio quando tentam viver a minha vida quando sou eu que deveria o fazer. Odeio falsidade e as pessoas que tentam ser perfeitas, o mundo é imperfeito e tudo que há nele, não será um mero ser humano desprezável que mudará essa teoria comprovada. Sou rodeada de cópias e isso não me agrada nem um pouco, não sou maria vai com as outras, se eu acho, eu acho e ponto final. Normalmente tento ser paciente com tudo, mas monotonia demais é um saco e ninguém gosta. Tenho qualidades e defeitos, me orgulho disso e se quer saber até prefiro assim. Não gostou? Sinto muito, mas não posso nem vou fazer nada, não estou aqui para agradar ninguém muito menos para mudar para agradar quem não faz a mínima importância na minha vida, e quem faz deveria ao menos gostar de mim como sou.

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Unexplained


Existem coisas sem explicação, perguntas sem respostas. E das perguntas que mais persistem em ficar em minha cabeça, está o por quê de todo meu amor por você. É sem sentido, sem explicação, sem nexo. Algo de repente, algo estranho. É tolice eu pensar em você de olhos abertos e fechados, é tolice ser com você que eu sonho todas as noites e ser em você que eu penso antes de dormir. Mesmo assim, é inevitável. Meu coração bate por você, e se o seu coração bater por mim é só o que importa. Eu posso querer muitas outras coisas, mas a mais importante delas é você. Porque você me completa <3

sexta-feira, 26 de março de 2010

Amor se escreve com sangue.


Existem pessoas que tentam discordar disso, mas no fundo elas sabem que é verdade. Sempre vai haver algum momento que você vai sofrer, e que o coração sangrará. Sangrará invisívelmente, sem que ninguém veja, apenas você consegue sentir o quando dói. Não importa de quantas maneiras ou quantas vezes o seu coração seja destroçado, ele vai continuar batendo, mesmo quando você prefere o contrário. Não importa o quanto os dias tenham sido perfeitos, eles sempre tem que acabar. E o seu coração irá sangrar novamente. Seja por saudade, seja por dor. Porque o amor é uma droga. Uma droga viciante, a cada dia você pensa mais nela, a cada segundo a vontade de conseguí-la aumenta. E aos poucos, quando a pessoa menos imagina, isso se torna obsessão. E aí você não se importa com mais nada, apenas com o sorriso de uma pessoa determinada. E mesmo sabendo que é errado, você quer desistir de tudo. A dependência vai nos matando aos poucos, até querermos desistir. Mesmo querendo, não conseguimos. É tarde demais. E continuamos lutando por algo já acabado, algo definido. Mas não sossegamos, queremos prosseguir, queremos continuar. Se torna um vício, um vício que acaba conosco aos poucos. Até que a pessoa não aguenta mais, e cai. Tudo acaba, já não é mais possível lutar. O vermelho vivo e nítido escorre lentamente sobre seus olhos tristes, que transmitiam cansaço e derrota. Em outras palavras, são lágrimas de sangue. Lágrimas que não se podem entender ou decodificar para quem apenas vê e não sente. Um sentimento tão severo, tão verdadeiro, tão puro, mata. Mata aos poucos, lentamente e dolorosamente. Dói mais que a própria morte, dói mais que quaisquer coisa que possa existir. Porque amor se escreve com sangue. Mas eis a pergunta: É melhor um coração partido ou um coração vazio?

Conexão.



É o tipo mais estranho de ligação. Você está a quilômetros de distância e eu estou aqui, ligada a você, pensando em você, agindo por você. Olhe para as estrelas, veja, elas estão sorrindo para você. E para tudo o que você faz, para tudo o que você diz. Eu não preciso estar perto de você, para lembrar de você, e para sorrir por você. Porque inevitavelmente você não vai sair da minha memória, sempre haverá alguma lembrança ligada a você. Assim como eu. E quem disse que para estar junto precisa estar perto? Basta eu fechar os olhos e lembrar do seu olhar, é o necessário para me deixar tranquila e saber que tudo vai se acertar. E no final tudo fica tudo bem.

terça-feira, 2 de março de 2010

Passado


Fecho os olhos e as imagens do passado vem á tona, ocupando meus pensamentos. Lembranças invadem irracionalmente minha mente, sem que eu possa controlar alguma coisa. Respiro o — agora não tão puro como antes — ar, e sinto o aroma que me lembra o passado. Cada música me lembra um momento, momentos tão inesquecíveis que nem mesmo o tempo possa apagar da memória. Antigas amizades, antigo cotidiano. Coisas que eu fazia antes que agora já não há maneiras de fazer. A lembrança, nem da mais bela coisa que se exista é boa. É como uma faca enfiada impiedosamente no peito, pois sempre queremos voltar atrás nos momentos e revivê-los novamente, sussurrando ao ouvido de si mesmo o que descobrimos somente agora. Concertar as coisas não é simples assim, passar uma borracha onde está escrito de carvão. Cada palavra trocada, perdida, jogada fora é um desperdício. Muitas palavras perdem o sentido quando ditas, dependendo da pessoa em que você as dirige. Mas você nunca sabe quando elas deixarão de ter um valor, não há como saber. Se tudo isso viesse com um manual de instrução, seria mais fácil. Mas não vem, e com cada pedra que a vida ou outro alguém nos atira, devemos aprender a construir um castelo forte e que suporte todas as barreiras. Não como a amizade, que até a mais bela, pode ser destruída tanto por palavras ou pessoas. Coisas que atingem emocionalmente e impossíveis de ignorar. Tão fácil falar para entrar por um ouvido e soltar para o outro, difícil mesmo é se contentar com isso. Se apenas um "fique calma" resolvesse as coisas, tudo seria perfeito. E aprendemos até as coisas que nos machucam mais ainda. Entre sonhos e lembranças está o passado que não volta mais.

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

V.ocê


Para ocultar a solidão, choro nessa chuva para esconder as lágrimas, mas no fundo você sabe que nada foi em vão. Mesmo com essa máscara, nós dois podemos enxergar os olhos. Olhos tão transparentes para nós dois, eles dizem claramente que o sentimento nunca deixou de existir. Os olhos não mentem, eles transmitem pelo olhar o que o coração sente, e você pode ler nos meus – assim como posso ler nos seus tão belos olhos, o quanto necessitamos um do outro. E a cada dia eu giro mais em torno do seu mundo, mesmo que eu não deixe isso muito transparente, não é nítido o bastante para que você e que todos os outros percebam. Mas através desses meus olhos esverdeados, você, só você consegue os ler. E é essa a mensagem que ele transmite, é tão visível que eu amo você. Por sua culpa mais ninguém eu escuto, só quero saber de você e de quanto importas pra mim. Você, em tão pouco tempo, se tornou uma droga pra mim. Você não é saudável pra mim, e sabe disso. É uma droga que vicia, que nos faz ficar dependente, e que não ficamos satisfeitos até tê-la em mãos. Por mais que você diga que não é bom pra mim, eu preciso disso. Eu conseguiria evitar se você me avisasse antes. Você poderia ter dito quando isso ainda era uma escolha, quando eu ainda tinha algum controle sobre tudo isso. Agora inevitávelmente eu me envolvi demais, e da única coisa que eu preciso a partir de agora é de você. Nada mais importa, simplesmente você.