sexta-feira, 28 de maio de 2010

Solidão


Diversas vezes digo que estou e me sinto sozinha, mesmo com meus pensamentos me atormentando, mas são os mesmos que me fazem acreditar que estou sozinha. E então digo para alguém que ninguém precisa da gente, que ninguém se importa, pra desabafar e pra ouvir o contrário. Porque quando me sinto sozinha, é porque necessito de atenção, e talvez isso aconteça com todos. E então tudo o que preciso ouvir é um eu te amo, preciso ouvir um eu preciso de você, precisamos de ouvir um eu me importo quando quase acredito que estou só no mundo, que sou uma em um milhão. Então apenas diga tudo isso, apenas diga o que eu preciso ouvir, apenas diga o que eu quero ouvir. Diga que me ama, diga que precisa de mim, diga que se importa, diga que se preocupa. Apenas tente me acalmar até tudo acabar, até esse sentimento ruim passar. Até suas palavras me reconfortarem. Até você me confortar.

domingo, 23 de maio de 2010

I hate

Odeio ficar trêmula quando o vejo, odeio quando meu coração bate mais rápido ao sentir seu perfume. Odeio ficar sem ação quando está por perto, odeio o arrepio que percorre meu corpo que é causado pela sua presença. Odeio quando me elogia, odeio quando diz que me ama, odeio me derreter pelo seu sorriso. Odeio não admitir que te amo, odeio o fato de não falar direito comigo pessoalmente. Odeio chorar pela sua ausência, odeio lembrar do seu toque e não poder o sentir denovo.Odeio a sua perfeição, odeio sonhar com você. Odeio o que dizem sobre você e odeio músicas românticas, pois elas me lembram você. Odeio te amar, odeio pensar em você a todo momento, odeio não mais poder te chamar de meu. Mas o que eu odeio é não conseguir te odiar, não conseguir odiar o amor que eu sinto por você, não conseguir odiar a nossa ligação, porque essas mesmas coisas que eu tento odiar me impedem que eu o faça. Eu não consigo te odiar, nem por um segundo, por nenhum motivo, nem mesmo só por te odiar.

sábado, 22 de maio de 2010

I miss you.


Quem sabe somente agora eu aprendi o significado da frase "Só dá valor depois que perde". Eu te achava perfeito demais, mas na verdade era o que eu sempre sonhei pra mim e só percebi isso depois de tudo o que aconteceu. A culpa não foi só minha, mas fui eu que comecei com tudo isso. E agora eu não sei como vou falar com você, não sei como vou conseguir ser sua amiga sem lembrar dos nossos momentos. Não sei como vou conseguir ouvir você falar de outra garota, não sei como vou conseguir suportar a sua ausência. Estou completamente só e preciso de você agora. Não sei como não percebi, mas eu precisava parar de fingir que eu podia, de alguma forma, merecer o que eu já tinha. E me atormenta saber que eu não tenho mais você, me atormenta pensar que você poderá encontrar uma outra pessoa pra você. A música toca como o final de algum filme triste, e esse é o final que você não quer ver, não quer sentir. Eu estava lendo nossas conversas, eu estava lendo você dizendo que me ama. Eu sei que eu não deveria estar dizendo isso, mas eu amo você. Mais que tudo. Me arrependi por ter errado, agora eu preciso que você me desculpe. Porque eu não sei respirar sem você, eu não sei viver sem você. Eu simplesmente não sei como será sem você. E eu sinto falta de poder te chamar de meu, eu sinto a sua falta.