sábado, 25 de setembro de 2010

Hard, wrong and complicated.

E eu queria poder te ligar, para me desculpar e dizer que eu não sou a pessoa certa pra você. Porque eu não posso estar contigo. Mas talvez você saiba disso, e talvez você seja a pessoa certa pra mim. Mas e depois, como seria as coisas? Eu não quero te machucar, mas inevitávelmente eu já estou fazendo isso. Todos dizem que este tipo de amor não é errado, mas o que eu posso fazer se eu não mando nos meus sentimentos, muito menos nos seus? E eu me pergunto todos os dias, em frente ao espelho: Qual é o problema comigo? Eu encontrei finalmente alguém que me amasse de verdade, e estou deixando ela ir embora. Sempre pareço estar sendo puxada na direção errada, mas eu simplesmente não consigo dar uma chance a nós dois. Eu me sinto estúpida porque eu deveria estar ao seu lado, mas é difícil pra mim. E eu imagino que seja difícil pra você também. E você está sentado na primeira fileira, quer ser o primeiro da fila, esperando na minha janela, dedicando todo o seu tempo pra mim. E ter alguém assim sempre foi tudo o que eu quis, mas então que diabos meu coração está fazendo? Você poderia ser o meu herói, mas eu encontrei a pessoa certa na hora errada. Não há nada que eu não faria por você, mas se eu mudasse por você, você gostaria de mim, quero dizer, gostaria mais de mim? Não quero deixar ir embora mas você tem que saber, o que você está pedindo é quase impossível. Porque eu não posso controlar como eu me sinto, e você realmente não sabe como eu gostaria, mas infelizmente não é uma escolha minha.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Paradise


Eu quero sumir. Eu quero ir para um lugar longe de tudo e de todos. Longe dos meus problemas, e das pessoas que me fazem sofrer. Esquecer das coisas que me ferem, esquecer de tudo o que me faz falta. Um lugar que me distancie das obrigações, um lugar aonde eu não tenha que esquecer ninguém. Um lugar aonde ninguém machuque o meu coração. Um lugar onde não seja tão difícil resolver as coisas. Um lugar aonde não exista desilusão, nem sofrimento, nem pessoas que só sabem brincar com os sentimentos de outras pessoas. Um lugar aonde esquecer as pessoas que a gente inevitávelmente ama não seja tão difícil. Um lugar aonde alguém me entenda, um lugar que possa se tornar meu refúgio. Um lugar que me traga paz, um lugar que me acalme. Paraíso — É o nome desse lugar que eu tanto procuro.

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Abraço apertado


Sabe quando tem momentos em que nosso coração se encontra em pedaços? E quando achamos que se nós simplesmente não tivéssemos feito algo tudo estaria bem? Mas as pessoas que eu achei que entenderiam simplesmente não entendem e afirmam que meu ponto de vista está errado, mas eu duvido que elas estariam dizendo isso se ao menos se colocassem no meu lugar. É tão difícil perceber que eu só preciso de um abraço e de alguém pra me dizer que tudo vai ficar bem? É tão difícil entender que eu estou em pedaços? E eu acho que eu devo parar de me culpar, sendo que não foi minha culpa dele ter feito tudo errado, mas se eu não tivesse inútilmente ligado por incentivo de alguém que não entende nada sobre o amor, ele nem precisaria agir. E eu não estaria assim, me sentindo desse jeito. Como se o mundo estivesse desmoronando sobre mim, e de alguma forma ele está. Eu sei que todas as árvores mudam no outono, mas eu apenas não consigo entender e eu continuo precisando de um abraço apertado agora, e de alguém tentando me acalmar dizendo que está tudo bem.