sexta-feira, 15 de abril de 2011

Hide.


Um dia li que o amor não acaba, ele apenas adormece. Se não despertar, continuará adormecido, mas nunca terá um fim. E hoje posso dizer com toda a certeza do mundo que concordo, apesar de não entender o por quê. Eu estou fugindo do que eu sinto por você, porque cansei de quebrar a cara demonstrando. Porém, não é verdade quando digo que você não passa de um idiota pra mim. Chega perto, mas não te esqueci completamente. Sei disso porque eu ainda sinto. Involuntariamente, mas sinto. E se eu tiver uma recaída, ele volta mais forte que antes. Mas não posso deixar que isso aconteça.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Game over.


Quer saber? Eu cansei. Cansei de chorar por você todos os dias e você acabar fazendo coisas piores com a intenção de me fazer chorar mais ainda. Cansei de você me provocando toda hora, me fazendo sentir ciúmes e, consequentemente, me fazendo chorar de novo. Cansei de ela fazer questão de esfregar na minha cara que está com você, e da sua indiferença. Cansei do seu cinismo e da sua hipocrisia. Cansei de sofrer por alguém que não merece nem sequer uma lágrima minha. Porque o amor não é assim. O amor não machuca, o amor faz bem. Eu pensei que fosse porque o sentimento era forte, mas eu apenas não conseguia desistir porque eu não queria. Eu até queria, mas o meu coração ficava insistindo. Mas está na hora de ouvir a razão agora, porque eu fiz o que o meu coração mandou e olha só o que aconteceu... Cheguei a conclusão de que eu não gosto de você, eu gostava da pessoa que você era, e todo mundo sabe que eu já tolerei coisas demais por você. Se tudo isso foi um joguinho idiota, tenha certeza de que eu não serei nunca mais o seu brinquedo. Então, se você quer continuar com esse teatro, se quer continuar sendo essa pessoa estúpida, ótimo, continue nos braços dela, porque ela merece alguém exatamente assim e ser feita de trouxa, não eu.