sexta-feira, 26 de março de 2010

Conexão.



É o tipo mais estranho de ligação. Você está a quilômetros de distância e eu estou aqui, ligada a você, pensando em você, agindo por você. Olhe para as estrelas, veja, elas estão sorrindo para você. E para tudo o que você faz, para tudo o que você diz. Eu não preciso estar perto de você, para lembrar de você, e para sorrir por você. Porque inevitavelmente você não vai sair da minha memória, sempre haverá alguma lembrança ligada a você. Assim como eu. E quem disse que para estar junto precisa estar perto? Basta eu fechar os olhos e lembrar do seu olhar, é o necessário para me deixar tranquila e saber que tudo vai se acertar. E no final tudo fica tudo bem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário