quinta-feira, 8 de julho de 2010

Eu te amo não é um bom dia.


Sinceramente eu não sei. Não sei porque as pessoas não envolvem sentimento quando falam eu te amo, como se fosse um simples bom dia. E eu não sei porque mesmo sabendo disso eu ainda acredito. Assim como acreditei em você. Mas que culpa tenho eu se eu não tenho um objeto que detecta se o eu te amo é verdadeiro? O que eu tenho é meu coração e nem sempre ele está certo. Banalizaram o sentimento, mas o que eu ouço são palavras, palavras que não mudam nada, palavras que não provam nada. Palavras que um dia me magoarão. As pessoas dizem que amam como se amar fosse fácil assim como trocar de roupa ou mudar o cabelo. Mas a maioria dessas pessoas mal sabem o que é o amor. E o que mais dói é que pessoas que amam de verdade doam seu amor a essas pessoas medíocres. E quem ama de verdade sai prejudicado, sai desiludido. E essas pessoas medíocres continuam vivendo, dormindo, sorrindo, esperando a próxima pessoa pra magoar. Se não ama, não fale, não magoe. Tem gente que ama nos primeiros cinco minutos do dia, tem gente que ama como se amar fosse simples. E não é nada simples, não pra quem ama de verdade. Porque o amor é muito diferente pra quem sofre e quem faz sofrer. E se você ama como se amar fosse fácil, não ame, não diga. Não olhe nos olhos, não minta, não faça alguém sofrer, não faça alguém acreditar. Mas ás vezes as pessoas que amam de verdade acreditam que as pessoas medíocres amam porque é o que elas querem acreditar. Agora responda, você sente por que você sente ou porque você quer sentir? E não diga eu te amo porque eu quero ouvir. Diga eu te amo se você realmente amar, diga eu te amo se você se importar. Se não for isso, tudo é em vão. E mesmo sabendo que é em vão, as lágrimas insistem em cair. Porque eu te amo não é bom dia, mas algumas pessoas não sabem disso. Ou fingem que não sabem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário