sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Insegurança

Parece que você não se permite ser meu por inteiro. Não me deixa cuidar de ti totalmente. Não cuida de mim sempre. Por quê? Hein? Eu não sei se você sabe, mas eu preciso de você sempre. E eu queria sentir que você também “me precisa” a todo momento.
Eu sei que, como todo mundo, você precisa de cuidado, então me deixa ficar ao teu lado, me deixa cuidar de ti porque assim, indiretamente, eu cuido de mim também.
Olha bem no fundo dos meus olhos e me deixa mergulhar no brilho dos teus. E me deixa segura de que esse brilho só existe por minha causa.
Eu sou inegavelmente tua, por inteira. Cada pedacinho meu é teu. Inclusive o meu coração. Então deixa eu te mostrar isso.
Deixa eu te mostrar que, para mim, abraço melhor e mais reconfortante que o teu não existe. Deixa eu te mostrar que o meu mundo fica vazio quando você se afasta dele. E me deixa segura de que você também se sente assim sem mim: incompleto.
Eu te quero tanto, mas não estou certa de que isso é recíproco. Então, por favor, deixa isso transparecer porque eu já estou cansada dessa insegurança.
Por favor, faça a diferença e não seja só mais uma dúvida na minha vida.
Seja uma certeza.
Seja a minha certeza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário