quarta-feira, 7 de setembro de 2011

O que está acontecendo, meu anjo?

O que está acontecendo com nós dois? Cadê as brincadeiras, os carinhos, os sorrisos? Cadê os melhores amigos que nós costumávamos ser? Eu sinto tanta falta de tudo isso… Estamos nos afastando cada vez mais. Por quê? Eu sei, eu sei, ninguém disse que seria fácil, meu anjo… Mas ninguém disse que seria tão difícil assim. O que eu faço? Eu estou vendo você ir para longe e voltar bem próximo, sem saber se você quer ir ou ficar. Sinto que ainda consigo te fazer gargalhar, mas às vezes sinto que consigo, no máximo, te arrancar um meio-sorriso. Não faz assim comigo, meu amor… Está fazendo essa necessidade que eu sinto de você ficar cada vez mais insaciável, e eu não sei se isso é bom ou ruim. E também não sei se você ainda precisa de mim como eu preciso de você, e só Deus sabe o quanto isso me fere. Por favor, diz que não vai embora. Diz que só se afasta para perceber o quanto é bom ficar perto. Você é meu anjo, então não deixa de me proteger…

Nenhum comentário:

Postar um comentário